CIRCVLO – Beleza (2017)

CIRCVLO
Beleza
Tags: Math-rock, instrumental
sw0189 – 2017 – Sinewave

Download (54 MB)

FAIXAS
01. Eco
02. Tiki Taka

OUÇA NO SPOTIFY

OUÇA NO DEEZER

OUÇA NO BANDCAMP

PRESS KIT (PT)

PRESS KIT (EN)

RELEASE (PT)

BANDA CIRCVLO LANÇA EP PELA SINEWAVE
Beleza, segundo trabalho da banda de rock instrumental de Santos, chega repleto de personalidade e influências latinas

Um clima de celebração, inspiração e a conexão entre pessoas. Esse é o principal conceito por trás de Beleza, segundo EP da banda Circvlo, com data de lançamento para 15 de setembro de 2017 em parceria com a Sinewave, um dos principais selos independentes do Brasil.

“Preparamos um vídeo teaser pra apresentar esse EP antes do lançamento e pedimos pra alguns amigos falarem sobre o que faz com que eles se inspirem e se conectem com outras pessoas”, conta o guitarrista Kauê Moda.

Para o baterista da banda Odradek, Caio Gaeta, o trabalho foi uma surpresa boa. “Superou minhas expectativas! Achei bem mais maduro, uma mescla de estilos, uma coisa que sai um pouco do previsível do rock. Tem muito mais ousadia e os timbres tão muito massa”. A produção incluiu elementos de ritmos latinos nas faixas, gravados por músicos convidados.

No teaser, o Circvlo insere uma narração em espanhol, acentuando ainda mais a latinidade da produção. “O trecho diz: ‘somos todos únicos, mas somos unidos. Precisamos uns dos outros para compartilhar, para sentir, para existir’. Isso é a base do Beleza“, complementa Kauê.

A banda apresenta duas faixas de seu instrumental com toques de post-rock numa pegada mais tropical e descontraída, um lado mais caloroso do quarteto santista, bem diferente do EP de estreia Entrelapso (2016, independente). Ouvindo os dois trabalhos em sequência, percebe-se a variação entre sonoridades ora densas e sombrias, ora festivas e leves, executadas em seus sets ao vivo.

Na opinião de Túlio Albuquerque, guitarrista da Kalouv, Beleza sai do lugar comum. “Nas músicas dá pra ouvir outro lado da produção dos caras, que agora exploram de forma muito legal elementos percussivos, somando isso a um ótimo trabalho de guitarras, baixo e bateria. A presença do trompete em uma das composições é também um charme.”

A primeira faixa, “Eco”, te leva pra praia e impõe seu ritmo intenso pelo toque do timbale – além do tambor, a percussão na introdução reforça as referências à música latina. Alternando breves trechos contemplativos com outros pesados, a música segue uma cadência pulsante com riffs enérgicos até o fim.

“Tiki Taka” vem na sequência, desta vez com violão, trompete e flugelhorn pra engrossar o molho do EP. A música tem pausas bem marcantes que lhe trazem certo drama, acentuado ainda mais pelos metais. As cordas tocadas com peso e leveza repentinos conduzem a canção até seu clímax, quando retorna a ambiência de praia e ela termina com uma breve sessão acústica, digna de um luau com fogueira à beira-mar.

Todo o processo de produção e gravação foi feito com Fábio Gomes, que também gravou o primeiro EP do Circvlo. “Desde os primeiros encontros pra gravar o Entrelapso, nos sentimos muito confortáveis pra trabalhar com ele. O cara se debruça em cada detalhe da tua música até alcançar uma qualidade sonora absurda”, comenta o baterista Sérgio Júnior.

A arte da capa, um bordado feito pelo Estúdio Hermanas, remete à antiga brincadeira conhecida como cama de gato. No jogo, só se consegue formar as imagens com barbantes a partir de movimentos coordenados com as mãos entre duas ou mais pessoas, outra maneira encontrada pela banda para representar a ideia de conexão.

Já o nome do EP começou a partir de uma brincadeira com o pai do baterista, que exclama “beleza!” pra tudo aquilo que ele acha inspirador. O guitarrista Thiago Gonçalves complementa: “A gente entende essa beleza como as pequenas coisas do dia a dia, a conexão com o nosso próximo, o lance de compartilhar suas vivências com outras pessoas. Nem sempre percebemos esses momentos, mas eles fazem toda a diferença na vida”.

QUEM OUVIU

Alexandre Palacio (Mais Valia)
Melódico, emotivo, intenso e tropical. Som fino da Baixada Santista.

Túlio Albuquerque (Kalouv)
O peso continua presente, mas agora ganha novas cores, no que soa pra mim como um math-rock “tropical”, com as pitadas de post-rock já presentes no primeiro lançamento. Gosto muito quando uma banda sai do lugar comum, da zona de conforto. E foi isso que o Circvlo fez nesse EP. Já contando os dias pra ouvir um álbum completo dessa turma!

Daniel Fumega (BIKE, ex-Macaco Bong)
Uma complexidade brutal e bem harmoniosa, saca? Uns timbres que preenchem o espaço… Tipo uma massa sonora e com uma saída classuda! Conversam muito os dois sons. Fiquei curioso demais pra ver ao vivo!

Bruno Flores (SLVDR)
Muito foda! Curti mesmo, tem uma onda meio Piglet.

Caio Gaeta (Odradek)
Foi uma surpresa boa pra caralho esse novo EP. Superou minhas expectativas! Achei bem mais maduro, uma mescla de estilos, uma coisa que sai um pouco do previsível do rock. Tem muito mais ousadia e os timbres tão muito massa.

FICHA TÉCNICA

Beleza (2017, independente)
Digital, 9min 28s
Produção musical, gravação, mixagem e masterização: Fábio Gomes

Selo: Sinewave

Bordado da capa: Estúdio Hermanas

Músicas e concepção artística: Circvlo
Guitarras e violões: Thiago Gonçalves e Kauê Moda
Baixo: Felipe Almeida
Bateria e timbale: Sérgio Júnior

Congas, caxixis, cowbells, shaker e cajon: Ivan Silva
Trompete e flugelhorn: Fernando Mostaço da Mata

Gravado entre março e agosto de 2017, em São Paulo, no estúdio de Fábio Gomes

Agradecimentos: Fábio Gomes, Bruno Lafaza, Guz Oliveira, Diego Munk, Ivan Higashionna, Eduardo Almeida (Dudu), Erik Moda, Naya Whitaker, Francesca Verschoor, Milagros de Pro, Rodrigo López, Tulio Albuquerque, Alexandre Palacio, família, amigxs e todxs que agregam!


RELEASE (EN)

CIRCVLO RELEASES EP BY SINEWAVE
Beleza, the instrumental rock band’s second work, from Santos (São Paulo, Brazil), has a lot of personality and Latin influences

An ambient of celebration, inspiration and the connection between people. This is the main concept behind Beleza, the second EP of the band Circvlo, with the release date for 15 September 2017 by Sinewave, one of the major independent labels from Brazil.

“We prepared a video teaser to present this EP before the release and asked for some friends to tell about what inspires and connects them with other people”, tells the guitarist Kauê Moda.

For Odradek‘s drummer, Caio Gaeta, the work was a nice surprise. “It overcame my expectations! I found it a lot more mature, a mix of styles, something that comes out a bit of the predictable rock. It’s so much daring and timbres are great.” The band included Latin rhythms elements in the tracks, recorded by guest musicians.

On the teaser, Circvlo inserts a narration in Spanish, emphasizing the Latin aspects of the production. “The stretch says: ‘we are all one of a kind, but we are united. We need each other to share, to feel, to exist’. This is the base of Beleza“, complements Kauê.

The band presents two instrumental songs with post-rock hints, in a more tropical and relaxed way, a warmer side of the quartet from Santos city, way different from the debut EP Entrelapso (2016, independent). Listening to the works in sequence, it’s possible to see the sound variation between some dense / gloomy parts and other festive / soft parts, the way they play live.

For Túlio Albuquerque, Kalouv‘s guitarist, Beleza is out of the ordinary. “You can hear another side of the production with these songs, which now explore nicely percussive elements, adding this to a great work of guitars, bass and drums. The presence of the trumpet in one of the compositions is also a charm.”

The first song, “Eco”, transports you to the beach and imposes an intense rhythm by the timbale’s hits – beyond the drum, the percussion on the intro reinforce the Latin music references. Alternating quick contemplative parts with other heavy ones, the music follows a pulsating cadence with energetic riffs till the end.

“Tiki Taka” comes next, this time with an acoustic guitar, trumpet and flugelhorn to thicken the sauce of the EP. The song has striking breaks that bring a drama, marked even more by the wind instruments. The guitars and bass played with sudden heaviness and softness drive the song to its climax, when the beach ambience returns and it ends with a quick acoustic session, worthy of a luau party with fire pit by the seashore.

All the production and recording process was made with Fábio Gomes, who also recorded Circvlo’s first EP. “Since the first meetings to record Entrelapso, we felt way too comfortable to work with him. The guy looks over each detail of your music until reaches an incredible sound quality”, says the drummer Sérgio Júnior.

The artwork, embroidery made by Estúdio Hermanas, sends to the old game known as cat’s cradle. It’s possible to form the images with strings just after some coordinated hands movements between two or more people, another way found by the band to represent the idea of connection.

The name of the EP started from a joke with the drummer’s father who shouts “beleza!” (like “beauty” in English, an expression in Brazil like “cool” or “so nice”) for everything that he founds inspiring. The guitarist Thiago Gonçalves complements: “We understand this beauty like the small things of the day by day, the connection to the next, and the thing of sharing your experiences with other people. Not always we realize these moments but they make all the difference in our lives”.

WHO LISTENED TO

Alexandre Palacio (Mais Valia)
Melodic, emotive, intense and tropical. Nice band from Baixada Santista.

Daniel Fumega (BIKE, ex-Macaco Bong)
It’s a brutal and harmonious complexity, you know? Some timbres that fill the space… Like a sound mass with a classy output! The songs talk too much to each other. I’m very curious to see it live!

Caio Gaeta (Odradek)
It was a fucking good surprise this new EP. It overcame my expectations! I found it a lot more mature, a mix of styles, something that comes out a bit of the predictable rock. It’s so much daring and timbres are great.

Bruno Flores (SLVDR)
Fucking good! I really enjoyed it, reminds me of Piglet.

Túlio Albuquerque (Kalouv)
It still has heaviness but now has new colors, what sounds to me like a “tropical” math-rock, with post-rock hints already present in the first release. I like it very much when a band is “outside the box”, out of the comfort zone. And that’s what Circvlo did on this EP. Already counting the days to listen to a complete album of this group!

CREDITS

Beleza (2017, independent).
Digital, 9min 28s Musical production, recording, mix and master: Fábio Gomes

Label: Sinewave

Artwork’s embroidery: Estúdio Hermanas

Music and artistic design: Circvlo
Electric and acoustic guitars: Thiago Gonçalves and Kauê Moda
Bass: Felipe Almeida
Drums and timbale: Sérgio Júnior

Congas, caxixis, cowbells, shaker and cajon: Ivan Silva
Trumpet and flugelhorn: Fernando Mostaço da Mata

Recorded between March and August 2017, in São Paulo, at Fábio Gomes’ studio

Thanks to: Fábio Gomes, Bruno Lafaza, Guz Oliveira, Diego Munk, Ivan Higashionna, Eduardo Almeida (Dudu), Erik Moda, Naya Whitaker, Francesca Verschoor, Milagros de Pro, Rodrigo López, Tulio Albuquerque, Alexandre Palacio, family, friends and everyone that is together with us!

PÁGINA OFICIAL DO CIRCVLO:
http://sinewave.com.br/artistas/circvlo/

Next Post

Previous Post

© 2017 Sinewave

Theme by Anders Norén