VERMES DO LIMBO + BERNARDO PACHECO – BERNE_FATAL (2017)

VERMES DO LIMBO + BERNARDO PACHECO
BERNE_FATAL
Tags: Noise-rock
sw0179 – 2017 – Sinewave

Download (39 MB)

FAIXAS
01. Berne 2
02. Esses Caras
03. Berne 4
04. Fatal-Fatal
05. Berne 7
06. Encosto
07. Berne 5
08. Berne 3
09. Negócio
10. Berne 6
11. Sai Do Ar
12. Berne 1

OUÇA O SINGLE NO YOUTUBE

OUÇA O DISCO NO SPOTIFY

OUÇA O DISCO NO BANDCAMP

FICHA TÉCNICA

Duração: 15:50

Bateria: Guilherme Pacola
Baixo: Vinicius Patrial
Guitarra: Bernardo Pacheco
Interferências nas faixas 4 e 6 por Rob Ranches

Gravado, mixado e masterizado na Fábrica de Sonhos por Bernardo Pacheco
Vozes gravadas na Manufatura Vermes
Arte por Guilherme Pacola

RELEASE
(por Fernando Augusto Lopes)

Berne, segundo o Dicionário Houaiss, é:

“1. larva da mosca-do-berne (Dermatobia hominis), cujo desenvolvimento final se processa debaixo da pele de mamíferos, incluindo o homem, após ser depositada por mosca ou mosquito que lhe serve de hospedeiro numa fase intermediária; torcel, ura [Após permanecer 45 dias sob a pele dos animais, a larva cai e penetra no solo, onde fica por mais 70 dias, em estado de pupa, até completar o ciclo.] 2. tumor subcutâneo produzido em animais e no homem por ação da larva da mosca-do-berne”.

Os Vermes Do Limbo são um duo de Londrina hoje radicado em São Paulo, com mais de vinte anos de atividade, formado por Guilherme Pacola (bateria) e Vinicius Patrial (baixo), que agora é “infectado” em estúdio pela guitarra nervosa de Bernardo Pacheco (Elma, Are You God?), eventual parceiro de palco da dupla.

Pacheco insere suas notas verminosas no subcutâneo da banda e ajuda a parir BERNE_FATAL, disco que é lançado em abril de 2017, e que sucede o bom e impactante EP VRMSXX, de 2016.

A adição de Bernardo na banda pra esse disco acabou criando a brincadeira que gerou o título. Com o guitarrista o trio virou “Bernes Do Limbo”, mas o trocadilho não é ao léu, visto que a guitarra acrescentou uma espécie de vírus na música do Vermes, um intruso bem-vindo.

“Eles vieram aqui no estúdio gravar cinco músicas novas com espaço pra eu adicionar partes de guitarra que eu criasse. Gravamos essas cinco só com baixo e bateria e no fim da sessão desse dia liguei a guitarra e gravamos mais vinte minutos de improvisações curtas, quase sem parar. Numa outra tarde coloquei guitarra nas músicas compostas. No fim ficamos com as cinco músicas compostas e sete improvisações. Misturamos tudo e virou o disco.”, conta Bernardo. As sete faixas improvisadas em estúdio receberam o título de “Berne”, numeradas de 1 a 7.

No total são pouco menos de dezesseis minutos do que se pode chamar de pós-jazz-punk caótico, cáustico e fervilhante. “Na real a gente já fez show de improvisação, Vermes e eu, várias vezes. Costuma dar bem certo, mas em estúdio essa foi a primeira tentativa”, diz. Rob Ranches acrescentou efeitos nas faixas “Fatal-Fatal” e “Encosto”. A gravação é de Bernardo (exceto os vocais, que foram gravados na Manufatura Vermes), que também mixou e masterizou a obra no seu estúdio Fábrica de Sonhos.

BERNE_FATAL sai, a princípio, em duas versões. A primeira é como parte de uma coletânea em K7 pelos selos QTV e Malware. Nessa coletânea BERNE_FATAL se junta a dois registros mais antigos, o já citado EP VRMSXX e HOTEL, um improviso gravado no Hotel Bar, em São Paulo, dia 13 de novembro de 2014, com Rob Ranches e Nick Graham Smith. A outra versão é o disco avulso, em formato virtual, pela Sinewave. A banda ainda espera conseguir realizar uma prensagem em vinil do novo trabalho.

LINKS

Videoclipe para a faixa “Negócio”
http://www.youtube.com/watch?v=Hv0HUY36AbU

Videoclipe para a faixa “Berne 7”
http://www.youtube.com/watch?v=cGokdEFewus

Ambos por Guilherme Pacola.

RELEASE VERMES DO LIMBO
(por Rodrigo Guedes)

Para quem escolheu a arte como alimento, é impossível observar e não classificar, rotular e determinar parâmetros de identidade em cada pedaço de obra, minuto de música, frame por segundo que seja apresentado. É a era do sample, do remix. E os Vermes? Estão desde 1996 fazendo, lançando e apresentando música independente, principalmente independente de regras. Conduzidos por uma força bruta primitiva e aqui se faz a única referência possível para os iniciantes. Os Vermes são uma banda de punk rock e entregam toda originalidade de quem realmente não faz o menor esforço para se conectar, escolhendo os caminhos mais tortuosos e esburacados em sua jornada. O grande lance é que se você tira o olho da estrada e mira a paisagem ao redor, se deslumbra. Uma experiência sensorial única. Os Vermes promove uma destruição coesa e elaborada, com a precisão de quem sabe como implodir prédios sem fazer bagunça, com músicas que formam um conjunto perfeito, onde o som é o único conector e funciona como um registro sem par de um trabalho atemporal. Guilherme Pacola (bateria) e Vinicius Patrial (baixo).

LINKS

http://www.facebook.com/VRMSDLMB/
http://vermesdolimbo.bandcamp.com/

DISCOGRAFIA VERMES DO LIMBO
(inteiramente disponível no Bandcamp da banda, todos lançados pela banda exceto onde indicado):

VERMES DO LIMBO 01 – K7 – 1998
ESQUELETO – K7 – 1998
VERMES DO LIMBO – CD-R – 2000
VERME5 NO LIMBO – CD-R – 2001
TEMPO RURAL – Digital – 2003
BÔNUS COLETA – Digital – 2007
EP CD 2012 – Digital – 2012
ADEUS IGAPÓ – LP – 2013
VERMES DO LIMBO K7 – K7 – 2014
PANVERMINA – Compacto 7″ duplo – 2015
HOTEL – Digital – 2015 (tambem parte da coletânea em K7)
VRMSXX – Digital – 2016 (tambem parte da coletânea em K7)
BERNE_FATAL – Digital – 2017 (Sinewave) (tambem parte da coletânea em K7)
BERNE_FATAL + VRMSXX + HOTEL (coletânea com os três discos) – K7 (QTV / Malware) – 2017

RELEASE BERNARDO PACHECO

Guitarrista e baixista, menos desconhecido pelo seu trabalho nas bandas Elma e Are You God?, atualmente se apresenta principalmente em shows de improvisação, normalmente em formações inéditas mas tendo como parceiros mais frequentes os próprios Vermes do Limbo, Benke Ferraz e Ynaiã Benthroldo (Boogarins) e Abdala. Faz tambem parte da Test Big Band, versão megalomaníaca de doze integrantes do duo de música extrema Test, com seu ex-companheiro de Are You God?, João Kombi. Atua há muitos anos como técnico de som em estúdio e ao vivo, responsável por discos de artistas como Rakta, Guizado, Bruno Souto, M Takara e Ratos de Porão, entre muitos outros, e pelo PA de bandas como Bixiga 70, Apanhador Só, Ludovic, BLinks:ins, Lucas Santtana, etc. É proprietário do estúdio caseiro Fábrica de Sonhos.

LINKS

http://elma.bandcamp.com/
http://areyougod.bandcamp.com/
http://fabricadesonhos.bandcamp.com/ (estúdio)

DISCOGRAFIA PARCIAL BERNARDO PACHECO

Com o Elma (tocando guitarra):

Elma LP – LP – 2012 (Submarine)
Elma EP – CD – 2006 (Amplitude)

Com o Are You God? (tocando baixo):

Split com Japanische Kampfhorspiele – CD 3″ – 2008 (Baskat)
Miranda – CD – 2016 (Travolta / 2+2=5)
O EP Espelho de Carne – CD – 2002 (2+2=5)
Demo 2001 – CD-R – 2001

PÁGINA OFICIAL DO VERMES DO LIMBO + BERNARDO PACHECO:
http://sinewave.com.br/artistas/vermes-do-limbo-bernardo-pacheco/

Next Post

Previous Post

© 2017 Sinewave

Theme by Anders Norén