FORMAÇÃO
— Douglas Torquato: guitarras
— Guilherme Levi: bateria
— Lucas Vidal: guitarras
— Raphael Tx: baixo

LINKS
Facebook
SoundCloud
Instagram
Youtube

SICK EM UMA MÚSICA

DISCOGRAFIA
Para Uso Recreativo (2017)

CONTATOS PARA SHOWS E IMPRENSA
— Elson Barbosa: (11) 9-9211-4594
— Lucas Lippaus: (11) 9-5132-0916
— sinewave@sinewave.com.br

PRESS KIT
Foto em Alta

SICK EM TRÊS ATOS

— ;

— ;

— .

RELEASE

Consiste em uma banda que já rodou por alguns cantos do país e que por onde passa, vem sempre contando histórias sonoras ao explorar os sentimentos mais intensos que a música instrumental pode lhe proporcionar. Influenciados por bandas com vertentes de composição livre de um único rótulo, o trabalho do quarteto preza por uma diversidade musical dançante e imprevisível, proveniente da mistura de influências entre cada integrante.

Após o lançamento do seu EP de estreia, a Sick se encontra em estágio de finalização do novo disco para um lançamento em breve, com composições que passeiam entre entre o post-rock e o math-rock, mas ao mesmo tempo, obtendo um som carregado de batidas descompassadas e outros ritmos alternativos.

Sem nenhuma contra indicação, o álbum Para Uso Recreativo é altamente recomendado para todos os tipos de ouvidos.

BIOGRAFIA

SICK é uma banda independente de rock instrumental situada na cidade de Uberlândia, no interior de Minas Gerais. Criada em meados de 2014, hoje é formada por Douglas Torquato (guitarra), Guilherme Levi (bateria), Lucas Vidal (guitarra) e Raphael Tx (baixo).

No ano de 2015, lançaram seu primeiro EP, denominado Light Switch, com quatro faixas de estreia e gravadas pelo estúdio Revolutionair e a Casa Verde Records (MG). Além disso, lançaram alguns videos e um single em quanto tocavam nos principais festivais da região e posteriormente, iniciaram uma turnê em algumas casas de shows na grande São Paulo.

Já de volta em 2016, encabeçaram o projeto Céu Aberto, junto ao espaço Nossotrampo em Uberlândia, que já recebeu três edições desse mini festival e que valoriza a música instrumental local, além de convidar sempre outros projetos instrumentais de fora da cidade (como Rio de Janeiro e Belo Horizonte). No mesmo ano, participou do lineup de eventos maiores como o festival Mineiro Beat, ao lado de grandes nomes como Jorge Ben Jor, Emicida e a banda Francisco, El Hombre. Também já realizaram uma turnê pela capital mineira e seu entorno, ocasião esta que aproveitaram para gravar o que seria a primeira sessão ao vivo (live session), como parte do canal LiquidSessions no Estúdio Mortimer – mesmo local onde gravaram o primeiro full album da banda, em fevereiro de 2017.

Mais recentemente, a banda está em fase de masterização do seu novo disco, entitulado “Para Uso Recreativo”, com previsão de lançamento para o segmento semestre deste ano.